O que não te contam sobre ser noiva (em meio a uma pandemia)


Faltam alguns dias para o MEU dia! E ser noiva é incrível! Uma sensação única, de realização, de amor, de que você encontrou alguém na vida para ser seu par. Ver cada cantinho da casa ficando pronto, planejar a decoração do casamento, o vestido, a maquiagem, as unhas, os acessórios e até os detalhes mais bobos possíveis. 
Ser noiva é saber que logo logo muita coisa vai mudar, o seu nome, a sua convivência, o seu estado civil ...

Mas, como tudo na vida, existe um lado que ninguém te conta, e que você vai descobrindo, sozinha, por si só, sobre estar prestes a se casar. É claro, cada caso é um caso. Cada pessoa tem um contexto e uma história de vida, mas eu queria compartilhar também os dois lados da minha moeda.

Ansiedade
A ansiedade é uma nuvenzinha cinza que fica pairando sobre a cabeça da noiva, até o dia do casamento, e talvez, um pouco depois também. É IMPOSSÍVEL não criar expectativas nessa fase, aliás, como é uma fase tão nova, TUDO é expectativa. Faz 3 meses que começamos a comprar nossos móveis e montar o #nossoapê, e desde então, a ansiedade visita o apartamento comigo, vai nas lojas comigo, faz as compras comigo ... hahahaha 
Mas se estar noiva já era uma fase ansiosa, imagine só, estar noiva em meio a uma PANDEMIA! É, meus amigos, não está fácil para ninguém. 

Abrir mão
Não vou te dizer que abrimos mão de uma grande festa, porque isso nunca esteve em nossos planos. Sempre sonhamos com algo mais intimista. Mas, eu gostaria muito que, pelo menos, os nossos avós estivessem junto com a gente nesse dia. Devido a complexidade da pandemia, vamos ter que abrir mão da presença deles. Eu não passei a vida toda planejando o dia do meu casamento, pra ser bem sincera, eu nunca consegui imaginá-lo direito. Mas de uma coisa eu fazia questão, de ver meus avós comigo. Infelizmente, perdi minha avó paterna e meu avô materno, e, aos poucos, esse sonho foi se dissipando como uma nuvem.  
Também conversei com várias noivinhas que tiveram que abrir mão da festa de casamento (que já estava paga), por causa da pandemia. Para vocês, desejo apenas coragem para seguirem essa trajetória, abrindo mão do controle das coisas, e reconhecendo que Deus é quem controla cada coisinha que acontece. Fica tranquila! Tudo tem um tempo e sempre acontece de uma forma muito mais maravilhosa do que planejamos.

Cadê o dinheiro que tava aqui?
Eis mais uma coisa que ninguém te conta, viu? Pode tirar o escorpião do bolso hahahah 
O casamento em si, no nosso caso, não vai sair tão caro (EU ACHO), por tudo ser um pouco mais simples, para poucas pessoas. Mas, se você vai casar e ambos ainda moram com os pais, o gasto maior é na casa de vocês. 
Descobri que não só os móveis são caros, mas que até comprar e escolher xícaras pode ser um desafio. E a decoração, então? É uma prova de fogo para saber se vocês estão prontos para casar sem brigar muito, ainda mais se os gostos forem muito diferentes. Mas, tivemos sorte, nos programamos e conseguimos lidar muito bem com essa fase de compras. Pesquisamos MUITO e conseguimos economizar, comprando muitas coisas à vista (clica aqui se você ainda não viu meu post falando sobre os móveis).

Dizer "tchau!"
Falo como uma noiva que está saindo da casa dos pais. Dizer "tchau" para eles não é fácil, ainda que você vá morar perto. Eu sei, EU SEI, a gente passa a vida sonhando com os dezoito anos para sair correndo da casa deles, mas na realidade mesmo, quando acontece, não é bem assim que funciona. 
Assumir a sua casa, as suas contas, as suas compras, é um passo gigante de responsabilidade. Você sente cada parte do seu corpo saindo da zona de conforto. É o novo, o desconhecido, a nova etapa, a nova vida, e assusta! Nesse momento, você precisa seguir a sua intuição, e confiar no seu "eu", o que, pelos menos pra mim, não é tão fácil. Acredito que quando tudo acontecer, vou ser outra pessoa, que passou por uma grande insegurança para ser mais segura e madura. A sensação? É de uma borboleta saindo do casulo onde era só uma lagarta. 

Medo de não dar conta
Eu sempre tive esse medo pra TUDO o que me propus a fazer na vida. Talvez, seja um reflexo de sempre querer que as coisas estejam sob o meu controle, e sempre querer fazer o melhor possível. Nessa fase tão nova, ele é bem presente. Mas, a gente ignora e passa por cima, miga.

Não são pontos negativos!
Tudo isso, não são pontos negativos. São apenas detalhes de uma realidade que precisa ser vivida inteiramente. Como TUDO nessa vida, a gente da conta! E nenhum desafio tira a beleza desse momento. Nenhum obstáculo tira a delícia de encontrar alguém, que quer viver tudo isso ao mesmo tempo que você, junto, para o que der e vier. Nada se compara a essa loucura boa e desafiante que é começar a sua própria família, trocar de nome, sair do ninho.

Se você também é noiva, amiga, me dá sua mão aqui?! hahaha 
Estou AMANDO falar com várias noivinhas pelo Instagram (clica aqui se você ainda não me segue por lá). Trocar experiências nessa fase é TUDO! 

Beijos, e até o próximo post. Me conta aqui se você se identificou com alguma parte. <3



Nenhum comentário

Postar um comentário