Como compramos nossos móveis à vista #nossoapê


Faz pouco tempo que comecei a compartilhar no instagram (@amandagabriielle), que vou me casar. E, para isso, estamos terminando de montar o nosso cantinho. Estou compartilhando por lá as nossas compras e a chegada dos móveis, o que gerou muita curiosidade e muitas perguntas. Resolvi, então, fazer uma série de post's aqui no blog sobre o assunto, com a tag #nossoapê. Esse primeiro post vai ser como nos organizamos para comprar alguns dos nossos móveis á vista.

Se você também ficou curiosx ou mandou perguntinhas lá no insta, esse post é pra você. <3
Antes de ler, me faz um favor? Coloca seu e-mail no box "receba dicas por e-mail" aqui do lado, para ser avisado sempre que tiver post novo. Bora?

1 - Tomar a decisão
O primeiríssimo passo é tomar a decisão. Quando vocês decidem que é hora de "juntar as escovas de dente", é o momento de começarem a pensar em como vão se organizar e definir. 

Tomamos a nossa decisão com 1 ano de namoro, mas começamos a planejar de verdade há, em média, 4/5 meses.
Estamos juntos desde 2018, e o casamento sempre foi um propósito dos dois.

2 - Listar desejos e metas
Acredito que o segundo passo após a decisão, é que o casal converse sobre os seus desejos. Vão morar onde? Na mesma cidade? Em outra? Apartamento? Casa? Alugar? Comprar? Essas escolhas, em comum acordo, são o comecinho de tudo. Nós tivemos o privilégio de já ter um lugar em mente, o antigo apê onde eu morava, que foi desocupado pelos meus pais e resolvemos alugar. Também não planejamos ficar no mesmo lugar por muitos anos.

3 - Alugar ou comprar?
Tudo depende MUITO da rotina de vocês. A sua primeira casa vai ser o seu lugar fixo? Ou você pretende, um dia, ir para outro lugar? Financeiramente falando, alugar é muito mais inteligente nesse primeiro momento. Óbvio que, você precisa levar em consideração a região que você mora. Em algumas regiões os aluguéis são muito caros, se igualando até mesmo a uma parcela de uma compra residencial. Mas, se formos colocar no jogo os juros e a quantidade de tempo que as pessoas levam para pagar uma casa, alugar o seu primeiro cantinho pode ser mais sensato. Outra decisão que precisa ser feita em comum acordo.

4 - É apartamento? Então pense nos planejados
Se a escolha do casal foi um apartamento, principalmente se for um aluguel, pensem em achar um apê que já tenha alguns móveis planejados, como armários de banheiro, cozinha e guarda-roupas/closet. Um lugar que tenha móveis planejados já facilita MUITO a vida, pois é uma super economia para quem precisa comprar os móveis do zero (que foi o nosso caso).

5 - Como se organizar financeiramente para isso
Aqui vai a nossa dica de ouro, o segredo que nos deu condições para comprar boa parte dos nossos móveis à vista. E o segredo se chama - renda extra. Quase sempre a maior parte da sua renda vai ser comprometida com compras e compromissos, e a do seu companheiro ou companheira também. Mas se vocês fizerem uma renda exclusivamente para compras da casa, essa renda vai ser totalmente exclusiva para investir no lar de vocês. A nossa veio do marketing digital, e eu já falei sobre isso diversas vezes no Instagram. Eu comecei a trabalhar primeiro com o marketing digital, e o Gustavo entrou logo depois, foi ai que as nossas vendas deslancharam, pois dois trabalhando faz o caminho ser mais curto. TODO, absolutamente todo o dinheiro que ganhamos com o marketing digital está indo para o apê, e foi isso que nos fez comprar os móveis mais caros como: Geladeira, TV, microondas, sem precisar fazer parcelas.

Vocês podem encontrar um dom em comum, ou misturar os talentos de vocês, para fazer uma renda extra voltada para esse propósito. Se você ainda não sabe o caminho e também quer conhecer mais sobre o marketing digital (que é pra todo mundo), clica aqui e conheça o nosso e-book, onde colocamos o passo a passo para você ingressar nessa área.

6 - Não precisa ser básico, mas pode ser econômico
Tendo em vista que estamos em meio a uma pandemia, nossos móveis foram (até agora) todos comprados pela internet. Comprar pela internet te ajuda economizar, pois você pode comparar preços em todas as lojas, e existe muita diferença do mesmo produto em lojas distintas. Você economiza o tempo que gastaria indo de loja em loja, e economiza seu suado money. Os sites que usamos até agora foram Casas Bahia, Americanas e Shoptime.
P.S; Fique sempre atento ao link e prefira comprar pelos aplicativos oficiais das lojas, existem pessoas mau intencionadas, que fazem sites parecidos com os oficiais e colocam produtos que não existem.

7 - Considere não ter tudo novo
Tínhamos um sofá, de ele será reformado. Tínhamos uma mesa de jantar, e as cadeiras foram reformadas pela minha sogra. E ainda houveram móveis que compramos seminovos, pagando mais barato (e à vista) por  um produto intacto. Seja inteligente nas suas compras. Pesquise, pesquise e PESQUISE! Essa fase de escolha é gostosa.

Ainda temos coisas pequenas para serem compradas, como pratos, panelas e afins, mas assim que estiver tudo pronto, trago todas as informações aqui para você, incluindo marcas e os locais onde compramos.
Muito obrigada à todos que enviaram perguntinhas no insta, fizemos um destaque do #nossoapê por lá, com detalhes. Mandem mais dúvidas para o próximo post.

Um beijo! ❤️

2 comentários:

  1. Que demais! Amei as dicas, apesar de já ser casada 😊

    ResponderExcluir
  2. Oi Amanda, eu já moro a dois anos com o meu noivo e nós não gastamos muito dinheiro com os móveis, porque ele já tinha tudo, única coisa que tivemos que comprar foi um fogão novo e pagar a mudança (eu morava em Ouro Preto e ele veio pra cá). E eu adorei as suas dicas, principalmente da renda extra. Eu e o meu noivo temos planos de voltar para SP e já estamos nos preparando financeiramente para a mudança, aluguel, móveis da casa, etc.

    Aguardando os próximos posts.

    beijos
    gabepinheiro.com.br

    ResponderExcluir