3 Dicas para ser sustentável também na reforma



Passar por construções e reformas não é tarefa fácil. É preciso se planejar com antecedência para garantir que as coisas ocorram dentro do prazo especulado, sem ultrapassar o orçamento disponível e gerar custos desnecessários.


Por falar em orçamento, você já parou para se informar sobre reformas e construções sustentáveis?


Se há alguns anos era impossível falar sobre sustentabilidade em reformas e construções de maneira acessível, hoje em dia é possível desenvolver projetos sustentáveis que demonstram preocupação com o meio ambiente e ainda geram uma economia significativa.


A sustentabilidade nos proporciona diversos benefícios, incluindo a redução de gastos desnecessários e a promoção de iniciativas que priorizam o ecosistema global. Mas afinal, por onde começar uma reforma sustentável?


Abaixo você encontra 3 dicas sustentáveis para realizar a reforma do seu imóvel com responsabilidade e consciência. Confira:

- Pinturas

Faça uso de tintas claras e eficientes na pintura do imóvel. Hoje em dia é possível encontrar muitas tintas produzidas à base d’água no mercado. Entre as vantagens, é possível destacar que essas tintas protegem as paredes da corrosão, da maresia e da proliferação de bactérias, proporcionam isolamento térmico e acústico, além de serem inodoras e impedirem irritações e alergias.

- Rodapé

O rodapé é um elemento de decoração, acabamento de piso e revestimento de paredes. Ele oferece maior proteção ao ambiente, sendo um item indispensável em reformas. Seu valor sustentável está em sua variedade: é possível encontrar rodapé de pvc, rodapé de poliestireno e outras opções sustentáveis por ótimos preços no mercado.

- Reciclagem

O entulho gerado na reforma pode ser destinado à locais de reciclagem e reaproveitamento. Dê prioridade para o descarte adequado de entulho, não jogue lixo na natureza.

Conscientize-se e invista em alternativas de preservação ao meio ambiente.

Nenhum comentário

Postar um comentário