terça-feira, 11 de abril de 2017

Silêncio

Qual a real intenção ao nos aproximarmos das pessoas?
Indo mais fundo, qual a real intenção ao nos aproximarmos de Deus?

Uma pequena passagem da Bíblia me fez pensar sobre isso e entender o porquê as vezes obtemos apenas o silêncio de Jesus, e como isso tem um significado forte.

"Quando Herodes viu Jesus, ficou muito alegre, porque havia muito tempo queria vê-lo. Pelo que ouvira falar dele, esperava vê-lo realizar algum milagre. Interrogou-o com muitas perguntas, mas Jesus não lhe deu resposta." Lucas 23:8

A Bíblia nos diz que se pedirmos receberemos. Mas isso depende mais de quem pede, do que de Deus. Da intenção de quem pede, depende a recusa, ou a dádiva. 
Jesus responde com "sim", "agora não", "espere mais um pouco", mas o silêncio é preocupador, porque pode significar outra resposta que Jesus pode dar, o "não". Ou muitas vezes, o silêncio de Jesus responde que você deve olhar pra você novamente, e examinar seu coração, antes de fazer a pergunta de novo.

Herodes aproximou-se de Jesus, atraído não pelo Homem que ali estava, mas pela repercussão que os Seus milagres poderiam trazer. A futilidade humana encontra sempre o silêncio de Deus.
Quais são suas intenções com Deus?
Herodes não tinha fé, não queria um relacionamento com Jesus, não chegou a Jesus com a fé de que Ele poderia solucionar algum problema, realizar alguma cura ou algo assim. Não sabia nem quem era Jesus. Ele tinha apenas curiosidade. 
Após Jesus ficar calado, Herodes não viu nada acontecer, e simplesmente O desprezou.
Mas todos aqueles que um dia se achegaram a Jesus com verdadeira intenção e fé, tiveram seus pedidos realizados, curas, milagres, soluções, transformações. Obtiveram ou o que pediram, ou o melhor de Deus.

Isso me fez pensar. E as minhas interrogações ? E os meus pedidos ? De que sentimento provirão?

Hoje, como sempre, a mão do Senhor pode nos tocar, mas ela é sempre movida pela fé. Ele ira me tocar, mas só depois que eu tê-lO tocado. Assim como a mulher da Bíblia, que todos conhecem, que tinha um fluxo de sangue por anos, e com apenas um toque nas vestes de Jesus foi notada e curada. 
Não foi o toque físico que surpreendeu Jesus, foi o toque da fé. Da mesma maneira, precisamos tocá-lO com a nossa pura e simples fé para receber algo. Propósitos que não tem como base a fé são descartados. Mas se seus pedidos são feitos com fé e com bons propósitos, ainda que aos seus olhos demore, será realizado.

A questão que quero levantar hoje são as intenções humanas com Deus.
O que nós pensamos quando nos dirigimos a Deus?
Nós entregamos tudo o que somos, damos a Ele toda a nossa fé ? 
Nossa fé é pura? Quais são nossos pedidos? E por que ?

Quanto buscamos a Deus por intenções fúteis, por interesses egoístas, automaticamente esses propósitos estão excluídos. Recebem apenas o silêncio.
Alias, Jesus sempre mostrou sua negação através do silêncio, na cruz, por exemplo, quando o humilhavam e o mandavam mostrar seu poder e descer da cruz, Jesus não rebatia, apenas ficava em silêncio. essa é a maneira do Senhor responder a muitas coisas.

Que possamos rever nossos sentimentos e a nossa fé. E buscá-lo por quem Ele é, isso sim faz diferença, isso sim traz coisas sobrenaturais e extraordinárias. Ele pode sim, todas as coisas, mas depende de nossas intenções receber a maioria das coisas que temos pedido. 
Examine sua mente e o seu coração.

Imagem relacionada

Um comentário:

  1. Amei O Post❤Temos Que Ver Qual Nossas Intenções Com Deus💕Parabéns Amei kk

    ResponderExcluir