segunda-feira, 3 de outubro de 2016

É madrugada

Já sentiu que ao colocar a cabeça no travesseiro, surgem mil perguntas, sentimentos, sensações, lembranças, sonhos, inseguranças, um misto de sentimentos ?

É madrugada.


Mais uma madrugada e os pensamentos viajam por labirintos inacabáveis. Os sentimentos são confusos, embaralhados, como a visão noturna.
E há quem diga que madrugada foi feita pra pensar, e não dormir.
As estrelas trazem consigo saudades, sonhos, dúvidas, um turbilhão de sensações, e eu me rendo a todas elas com uma intensidade que é só minha. 

Saudades. Saudades de situações, sensações, pessoas que se foram involuntariamente ou por uma escolha, e dessas últimas, me pego indagando o porquê, mas logo mudo de pensamentos, se escolherem ir, não merecem espaço dentro de mim.

Dúvidas, inseguranças, medo. Mas logo uso a razão e penso o quanto tudo isso é imaginário, ilusório e ruim. Viro de um lado para o outro e  mudo novamente o percurso dos meus pensamentos, me esforçando pra pensar no que há de bom, convencendo minha mente a ir para outro caminho, e ela vai.

Desejos. Sinto cada um, pensando em todas as possibilidades, em todas as vontades, em todas as oportunidades, possibilidades, em todas as sensações.

Sonhos. Penso em tanta coisa que quero viver e me entregar, penso em cada meta, em cada objetivo, em cada sonho que tive e tenho. Mas logo durmo, e isso tudo reflete enquanto eu durmo. Meu cérebro continua involuntariamente a pensar em tudo aquilo enquanto meu corpo descansa. Ele junta tudo e me apresenta cenas das quais eu posso gostar ou não, mas de uma maneira ou outra, representam tudo o que sinto, de uma forma misturada e sem pauta, desorganizada. bonita ou não, da forma em que ele absorve, dividindo comigo tudo que ecoa por dentro de mim mesma no silêncio da noite, dividindo comigo cada barulho que acontece internamente enquanto por fora tudo é breu e calmaria.

Gosto quando acordo.
Gosta da clareza da manhã. A clareza como enxergamos as coisas. 
Tudo fica mais fácil com a luz, e meu bem, tudo sempre ficará mais fácil quando há luz, quando nos disponibilizamos a enxergar as coisas como são, sem dramas aumentativos. 
Tudo sempre vai ficar mais fácil.
E sigo com essa frase, repetindo até me convencer inteira de que "tudo vai ficar mais fácil."
Após a madrugada sempre virá a manhã. E tudo há de ficar mais fácil, sempre solucionável, e percebo o quanto a razão importa mais do que o coração em alguns momentos.
E a manhã traz consigo clareza nos pensamentos, sentimentos iluminados, a razão equilibrada e mais distante da utopia, traz recomeço, e cheirinho de café.
Nas manhãs as misericórdias de Deus se renovam, e Ele nos torna aptos a mais uma chance.
É, meu bem, a noite é linda, mas eu prefiro mesmo a clareza de um dia ensolarado, ou a calmaria de uma manhã clara e chuvosa. Gosto de ver as coisas como elas são, minuciosamente.
E vivo mais um dia, até chegar a próxima madrugada, onde novamente eu vou ser intensa em tudo o que é possível sentir.




2 comentários:

  1. Amei o post! Muito sucesso no blog princesa! <3
    www.eibonitta.com.br

    ResponderExcluir
  2. Lindo texto Amanda! As vezes é preciso refletir...
    Bjs
    http://www.pinkstyle.com.br/

    ResponderExcluir