sábado, 29 de outubro de 2016

E Ele é como o coração para o corpo

Me deitei e fiquei ouvindo as batidas do meu coração, nem tão apressadas, nem tão vagarosas, no ritmo certo. Eu tenho um prolapso que faz com que meu coração dê umas batidinhas diferentes as vezes, mas nesse momento elas eram exatas, precisas, como uma marcha. Nesse momento eu comecei a imaginar todo o funcionamento do meu corpo, e o que vinha a minha mente era Deus.

A perfeição das batidas do meu coração me lembravam a fidelidade de Deus. Exata. Pontual. Incondicional. Nosso coração sempre está batendo, independe do que estamos fazendo no momento, se estamos vivos, ele continua batendo. Assim é a fidelidade de Deus. Ele segue sempre fiel, independente das nossas atitudes com Ele, das nossas falhas, dos nossos atos.

Minha respiração e o vai-e-vem que ela produz no nosso corpo me lembrou necessidade. A necessidade que temos de Deus, como a necessidade que temos de respirar. Deus está perto de todos nós, o tempo todo, e sem Ele, acredite você ou não, não existe vida. Precisamos dEle o tempo todo, como precisamos respirar.

Ao imaginar o sangue correndo pelas minhas veias, lembro-me do amor do Pai. Existe corpo que funciona sem sangue ? Da mesma forma, não funcionamos sem o amor de Deus. Ainda aqueles que O ignoram, o tem. É essencial, sublime, grande, profundo, tão essencial como o sangue que corre nas veias de cada um de nós.

Então penso no cérebro, a nossa mente, nossa máquina. Isso me faz pensar na Palavra de Deus, em como ela nos guia, nos orienta, em todos os seus mandamentos, ordenanças, como é necessária, e quando entendemos a importância dela, precisamos dela para viver, se torna então nosso manual de instruções. E é triste saber como as pessoas tem em casa um manual de vida, mas em muitos lares ela está aberta em qualquer página, empoeirada, fazendo parte da decoração e não da vida dos integrantes daquela casa. Alguns passam por ela todos os dias, reclamando e querendo uma solução para todos os seus problemas, mas nem sabem que contém ali, na estante, a chave para todas as coisas, a voz de Deus. 

Pensar na exatidão de todos os órgãos trabalhando juntos, um dependendo do outro me faz pensar na Trindade. Pai, Filho e Espírito Santo trabalham juntos, todos os dias, para que tenhamos uma vida digna, uma vida plena, uma vida melhor, e acima de tudo, uma vida eterna. Reconheça esse trabalho, e conheça o tamanho do Amor que Ele tem, o tamanho do sacrifício que Ele fez por você, e ainda que você fosse o único ser vivente na Terra, Ele faria o mesmo sacrifício, porque a sua importância para Ele é como o nosso corpo para nossa vida. E o amor dEle para nós, e como o coração para o corpo. Essencial. 


Um comentário:

  1. Que poesia mais lindaaa! Vc tem muito talento! Amei seu blog! Super delicado... Sucesso sempre florzinha!
    www.eibonitta.com.br

    ResponderExcluir