quarta-feira, 27 de julho de 2016

Sobre o desafio de Julho que incentivou o blog

Oi mores ! Tudo bom?

Nesse post eu vim falar um pouquinho sobre o desafio de Julho (Julho sem Julgar) que deu origem ao blog, e sobre as conclusões que eu tirei desse mês.

No blog anterior, "Versos, avessos e verdades", eu estava fazendo desafios durante os meses, e em Julho algumas coisas me fizeram pensar em como eu andava julgando e com tantos preconceitos presos em mim, por isso criei o Julho sem Julgar, e me desafiei a passar um mês sem julgar os outros, e sem me julgar também (tarefa difícil), porém, não impossível. 

No decorrer do mês percebi que mudei, e mudei muito, e muito rápido minha visão sobre as coisas e pessoas.
Comecei a me empenhar em conhecer mais do que eu julgava antes, e comecei a ver que existem outras formas de enxergamos as coisas, e que julgar é o ato de não conhecer algo ou alguém direto, é alimentar preconceitos antes de conhecer e conviver realmente. 
Notei que comecei a viver muitas situações das quais antes eu julgava pessoas que as viviam. 
Encarei isso como uma lição, e saboreei a vida, me ensinando diariamente que todos somos seres humanos, falhos, e com visões diferentes, visões essas que precisamos respeitar.
Percebi que unicamente o que precisamos é amor e amar. E que se tudo tivesse como base o amor e o respeito mútuo as coisas começariam a dar certo. 
Comecei então a fazer minha parte, a tentar entender mais os meus próximos, com amor.
Comecei a ter uma fome de buscar saber porquês, de tentar realmente compreender o outro, o sentimento do outro, e os meus, despertei a EMPATIA, que estava guardada em mim, esse sentimento tão puro e que todos nós deveríamos ter e alimentar.
Por isso fiz esse blog. Quero aqui tratar de assuntos que precisamos respeitar e entender no outro e em nós mesmos, quero abrir portas e mentes, incluindo a minha própria. 
Que nossas vidas sejam baseadas no amor, na empatia, no respeito e na liberdade de ser.
Vamos errar, vou errar, mas vamos aprender com nossos erros e não retroceder. 
Em frente ! <3


Nenhum comentário:

Postar um comentário