Amanda Gabrielle

Inteira

foto: @amandagabrielleblog


Houve um tempo onde eu tinha pavor de ficar sozinha. A minha própria presença não me bastava de jeito nenhum, eu evitava ao máximo ficar sozinha, ir á lugares sozinha, e até aceitava relacionamentos mínimos por medo de ficar só. Acho que todo mundo passa um pouco por essa fase antes de se conhecer de verdade, né ? Ainda vejo muitas pessoas passando por essa fase, mas fazendo dela uma situação permanente, numa infinitude, sem conseguir se encontrar, e aceitando tão pouco, tão menos, tão nada perto do valor que a sua presença carrega. Quantas histórias horríveis atualmente de mulheres que permanecem com pessoas ruins por achar que não merecem mais do que aquilo. A gente sempre vale e merece mais ! O pouco não é uma alternativa.

Um dia aconteceu.
Eu me encontrei, me descobri, e entendi que não tinha nada tão gostoso, tão criativo, tão interessante como a minha própria companhia. Eu descobri a liberdade de ser quem eu sou, com tudo o que eu carrego em mim. Eu descobri mais sobre os meus medos, sobre as minhas vontades, sobre as minhas escolhas e os meus porquês. Essa foi a chave para eu entender mais sobre mim, e querer ficar e ser completamente com quem eu sou. Toda essa história de aceitação que a gente já conhece, mas que cada um vive de uma forma tão particular, tão intima, e só se conhecendo muito bem a gente consegue determinar o que entra, o que permanece e o que sai da nossa vida, dos nossos hábitos, da nossa forma de pensar, lidar e reagir.

Eu entendi que, eu, sozinha, não era metade nenhuma. Eu entendi que eu sou completa, inteira, e que viver dependendo emocionalmente apenas da minha própria pessoa é incrível. Isso não me priva de encontrar pessoas, conhecer, estar e gostar de estar com outras pessoas, mas isso faz com que, ainda que todas essas pessoas não estejam, eu vou estar, e eu vou bastar para mim. Isso também não me anula de criar expectativas, (até porque eu sempre fui a rainha das expectativas), mas faz com que ainda que um pouco decepcionada ou chateada, eu nunca fique surpresa. Eu sempre espero das pessoas todas as reações, todos os lados, todas as circunstâncias. Por me conhecer tão bem, eu também conheço praticamente todas as possibilidades das outras personalidades. 

A maior mudança de tudo isso é que a gente passa a não aceitar mais poucas coisas. Eu não aceito e nem me contento mais com meias presenças, meias intenções, meias vontades, meios sentimentos, a metade passou à ser muito pouco, e como eu já falei, o pouco não é mais uma opção.
Minha famosa mania de colocar intensidade em tudo. Eu nunca soube ser meio termo em nada. Sempre sou muito. Sempre transbordo. A intensidade nunca bateu na porta antes de entrar, ela sempre me invade, e eu também nunca consegui impedi-lá de ficar. Sempre foi 8 ou 80. Muito ou nada. Em tudo, e para tudo. Isso nem sempre é bom, mas é uma característica minha que eu abracei e entendi.

E agora esse é o foco da minha intensidade. 
Sou inteira, não sou metade de nada, nem de ninguém, e também não quero quem seja, se for pra querer algo, eu quero só o que é inteiro, quero que transborde, quero que me surpreenda positivamente e me mostre mais do que eu já vi, não deve ser impossível. 
E ainda assim, quero a minha liberdade.
Quero continuar sendo livre pra ser quem eu sou, livre com o meu espaço, livre pra dividir o que eu quiser, e livre pra ir quando eu quiser. Talvez isso soe um pouco egoísta, mas é que eu tô vivendo um relacionamento muito sério comigo agora, sabe ? Um relacionamento que eu demorei muito pra conseguir cultivar, e agora que eu tenho, eu não consigo deixar de lado. Não consigo me prender á nenhuma situação que me prive da sensação única, da dor e da delícia de ser exatamente quem eu sou agora. 
Ser assim tem seus problemas, principalmente aos olhos das outras pessoas, mas aos meus, sinceramente, são mais vantagens. Eu me machuco menos, eu me engano menos, eu espero menos, e eu vivo mais e plenamente. Eu me entendo. Eu me bagunço mas eu me resolvo. Eu faço. Eu escolho. Eu me contento. 

Isso tudo faz parte de mim. Mas o mais importante desse texto é que todas nós precisamos parar de achar que somos metade de algo. Precisamos parar de nos submeter á pessoas ruins por achar que precisamos estar sempre com alguém. Precisamos parar de achar que somos pouco, de nos limitar, de deixar que nos definam e rotulem, de deixar que tentem comandar nossos sentimentos, nossa escolha de ficar ou ir. Quando a gente se conhece, reconhece o nosso valor, o nosso tamanho, a nossa dimensão, o prazer de ser quem somos com tudo o que somos, não permanecemos onde não há estrutura para todo o nosso ser, todo o nosso "eu", toda a nossa essência. Não permaneça onde você não pode ser você. E não aceite ser meio termo ou metade de algo. Perceba quão f@da é a sua própria pessoa e presença.

Eu sou assim, inteira.
E se você quiser ficar, saiba compreender, e acima de tudo, venha para transbordar, não para completar, muito menos para bagunçar o que eu demorei para arrumar aqui.

Beauty - Favoritos de Julho




Estou totalmente apaixonada por rotina de cuidados com a pele. E por isso, vim trazer para vocês um post diferente que há muito tempo eu não faço, de produtos que tenho usado, de recebidos e comprados hahaha

1 - Hidratante Corporal Nívea
                      
Por volta dos meus 13 anos comecei a cuidar da minha pele, do meu corpo para ser mais precisa. Imitando a minha mãe que sempre teve uma rotina de cuidados corporais, comecei a usar creme hidratante, e virou um vicio sem fim. Até hoje, todos os dias após o banho, independente de quantos banhos eu tome no dia, eu sempre uso creme corporal em todo o corpo, e o meu favorito é o favorito de muita gente também, o azulzinho da Nivea. <3
Esse mês com a oscilação da temperatura, ele tem ajudado minha pele intensamente. Recomendo, principalmente para peles secas.
Preço: Em média R$ 13,00 (depende do tamanho e local da compra).

 Ano passado comecei a me preocupar mais com o meu rosto, até a adolescência nosso cuidado é apenas com as maquiagens, mas depois de um tempo percebemos que sem um cuidado verdadeiro com a pele do rosto nenhuma maquiagem dá conta, não é ? Comecei a notar mais minhas olheiras, a textura do meu rosto e as necessidades que ele tinha. Cada pele é única, então você precisa perceber, olhar com cuidado e carinho para a sua pele e descobrir quais as necessidades dela, e um dermatologista é sempre bem vindo nesse começo.

Minha pele é oleosa, e consequentemente, com tendência á acne. Mas a pele oleosa também precisa de hidratação e muitos cuidados, e recentemente eu descobri produtinhos incríveis que estão mudando o meu rosto.

2 - Esfoliante Facial Needs

Ele foi o primeiro produtinho que comprei recentemente.
Ele é muito bom ! Ele é suave, com uma esfoliação cuidadosa. Sinto a pele muito limpa e macia após usar. Uso em média 1 vez por semana e indico para limpeza de peles que não estejam machucadas.
Preço: Em torno de R$ 20,00 nas farmácias. Achei um ótimo preço, tendo em vista que ele dura bastante. 

3 - Sabonete Facial Clean&Clear- antiacne em barra

Maravilhoso ! Ele não está na foto, mas a embalagem é rosa e o sabonete é em barra e roxinho. Ele limpa a pele de uma forma muito eficaz, trata a pele deixando macia e age na prevenção das acnes. Senti que a minha pele ficou menos oleosa e acneica após começar á usar. Uso todos os dias de manhã ou no banho.
Preço: Em torno de R$ 6,00 nas farmácias. Baratíssimo ! 

4 - Creme Hidratante Facial Neutrogena - oil-free

APAIXONADA ! Eu comecei a usar hidratante fácil da Neutrogena faz alguns meses, usava o que é para todos os tipos de pele, e eu amava. Esse mês encontrei o oil-free, que hidrata profundamente a pele sem deixa-lá oleosa e amei mais ainda. Não pretendo trocar por outro de jeito nenhum, estou apaixonada e vendo resultados como hidratação, pele sem oleosidade, sem acne, limpa e diminuição até da tonalidade das olheiras. Uso diariamente.
Preço: Em torno de R$ 33,00 nas farmácias. Vale cada centavo !

5 - Máscara Facial Argila Verde - Ricca

Usei apenas duas vezes ainda, mas o efeito é imediato. Ela promete diminuir os poros e impurezas da pele, e realmente, após o uso percebo uma diminuição no tamanho dos poros, e uma sensação de pele limpa e macia. Uso aos finais de semana. 
(Não deixe passar do tempo de pausa recomendado na embalagem para não danificar a pele)
Preço: Em torno de R$ 15,00 nas farmácias. Achei um ótimo preço, já que dá para utilizar umas 4/5 vezes.

6 - Protetor Solar com Base - Episol

O que eu achei: Já faz um tempinho que o Episol mora aqui em casa. Minha mãe tem melasma e usa todos os dias. Não uso sempre (confesso), mas quando uso sinto a pele leve, e o principal é o fator proteção solar, que é tão essencial no nosso dia-a-dia. Precisamos adquirir o hábito de usar protetor todos os dias para evitar danos futuros e até irreversíveis. 

7 - Manteiga de Cacau

Esse produtinho tão antigo é melhor do que muito lip-balm por aí, desde que comecei a usar diariamente senti a diferença da hidratação dos meus lábios e na duração do batom.
Preço: Em média R$ 1,50 nas farmácias. Dá pra acreditar?

8 - VEET creme depilatório

Não sei o que dizer de Veet, é surreal como é eficaz. Agora o creme vem com um aplicador para que você não precise tocar no produto. 5 minutinhos de pausa e os pelos saem inteiros magicamente, e a pele após o uso fica extremamente macia e cheirosa. <3
Preço: Em média R$ 33,00 nas farmácias que encontrei. Vale muito !

9 - Creme hidratante Bio Extratus 

Minha mãe foi quem descobriu esse creme, e desde que ela me apresentou eu amooo ! O cheirinho e a hidratação são únicos. O cabelo fica extremamente sedoso, com brilho e maciez. Sério mesmo, que creme !!!!
Preço: Em torno de R$ 27,99

10 - Óleo de Prímula
Não coloquei esse item na foto, mas quando terminei o post lembrei o quão necessário ele foi e é para o meu corpo e pele. O Óleo vem em capsúlas, ele possui ácidos graxos essenciais que não adquirimos na alimentação diária e o óleo da Prímula, totalmente natural. 
Ele foi indicado pela minha psicóloga quando eu fazia terapia e me queixava muito da TPM que era extremamente forte, e com ela minha pele também ficava horrível, totalmente oleosa e acneica. Depois que comecei a usar o óleo percebi uma diferença enorme em tudo, meus sintomas da tpm diminuíram drasticamente, e as acnes diminuíram na mesma proporção. Tomo todos os meses e não pretendo deixar essa benção da natureza de lado, porque a diferença que fez na minha vida é incrível ! 
Preço: Depende muito de onde você compra e em qual quantidade, alguns frascos contém menos, outros, mais. Porém é por volta dos R$ 20,o0 por aqui.

Cuide da sua pele, não só de fora para dentro, mas principalmente de dentro para fora.

Recebidos Queridos:

11 - Desodalina e Monaliz


Recebi esse mês produtinhos maravilhosos da empresa Bom Suplementos, que são fabricados pela Saníbras. 
Sobre a Desodalina: É um emagrecedor que funciona criando uma espécie de gel  no estômago, bloqueando parte da gordura dos alimentos ingeridos. Faz com que o corpo elimine mais gordura, e contém cafeina, o que auxilia muito na atividade física. 
Monaliz: É um inibidor de apetite que auxilia na compulsão alimentar - aquela vontade insaciável de comer de tudo e de comer muito sem haver realmente necessidade. Ele promete acabar com essa ansiedade por doces e controlar o açúcar no corpo.

É importante dizer que esses produtos não descartam a alimentação, são apenas suplementos. Não devem ser usados por grávidas, crianças e nutrizes. E deve ser usado sob orientação de um nutricionista. Eles podem conter derivados de peixe, crustáceos, molusco ou soja, sendo preferencialmente evitado por alérgicos á essas substâncias, ok ?

Indico MUITO a Bom Suplementos, eles possuem uma enorme variedade de produtos naturais e suplementos. Vale a pena entrar no site e encontra os produtos. Quem acompanha o blog sabe que eu só indico o que é realmente bom ! <3 

Esses foram meus favoritos de Julho, e hoje (1/8) já recebi produtinhos maravilhosos para testar em Agosto. Me siga nas redes sociais - aqui do lado você encontra minha página do Facebook, aqui embaixo meu ig no Instagram, e coloque seu e-mail em "Newsletter" na parte superior e lateral aqui do blog para receber em primeira mão todos os post's. <3



A ansiedade e eu



Minha história com a ansiedade sempre existiu de forma natural, eu sempre fui uma pessoa naturalmente ansiosa. Mas a ansiedade se sobressaiu, se tornando uma ansiedade comum, mas sem nada de normal.

Aos 17 anos me vi adoecendo, sem saber do quê. 
O coração palpitava, os pés molhavam as meias e sapatos, o estômago não aceitava direito as refeições, a cabeça doía e o pulmão não parecia funcionar direito. 
Passei em todos os médicos possíveis, fiz todos os exames cabíveis, e a resposta era sempre a mesma: "Não há nada de errado com você." Mas só eu sabia o quão errado tudo estava. Ao decorrer dos exames eles perceberam: "Seu problema está na mente, é ansiedade."
Aos 17 anos a vida me cobrava decisões que eu não estava pronta para tomar. Me era imposto escolher o que eu faria para o resto da vida, e eu mal sabia escolher o sabor de sorvete que eu mais gostava. Enem, vestibulares, pressões, padrões, relações sendo construídas e outras sendo cortadas, eu acumulava coisas das quais eu não queria carregar. Fardos ... Mil sonhos, 10 mil palpites, e óbvio, ninguém é de ferro, ainda mais nessa idade.

Aos 18 comecei a fazer uma faculdade que eu também não gostava, mas me disseram que se eu fizesse eu seria bem sucedida (hoje eu sei que a maioria das pessoas que falam isso nem sabem o significado dessa frase.) Com matérias que eu não gostava, sentindo que estava gastando meus dias com coisas contrárias das quais eu nasci para fazer, somando com vários fatores externos, eu me vi em uma situação da qual eu não me reconhecia mais. Eu só sabia ter medo, tudo era tão novo, eu tão nova, e aquelas sensações que o medo me causava me traziam mais medo ainda. Eu me via presa. Mas sabe de uma coisa ? Eu jamais pensei em me entregar, isso não era uma opção pra mim. E aqui começa a melhor parte do texto:

A cura
Quando eu me percebi sem o controle do meu corpo e mente eu fui atrás da minha cura. Conversei com a minha família, e eu considero esse o primeiro e mais importante passo: Se abra, converse, fale sobre isso, esclareça, deixe claro ! Decidimos que eu começaria a terapia, e essa foi uma das melhores decisões que eu tomei. A terapia é incrível, reveladora, acolhedora, te entrega de volta a sua visão, o seu controle, te entrega de volta á você mesmo.
Mas antes da terapia eu comecei um método que eu chamo de teimosia. Se eu tinha medo de ir até algum lugar era exatamente lá que eu iria. Se eu me sentia afobada ao fazer algo, era justamente isso que eu iria fazer. Se era difícil ficar só, era só que eu iria ficar, só para mostrar para o medo que ele não iria me vencer, que ainda que as pernas tremessem (igual vara verde, como diria minha avó) eu não me entregaria.
Na terapia eu me entendi, entendi meus sonhos, meus medos, meus anseios, meus limites. Conheci os gatilhos da minha ansiedade e aprendi a driblá-los. Poupo a pouco, um dia por vez, uma mini conquista por semana era mais um metro que eu andava. Fui me reconhecendo, me conhecendo, aprendendo quem eu era. Identidade.
Remédios de verdade nunca foram minha vontade, minha meta era conseguir sem eles. A TPM (um dos gatilhos que poderia gerar as crises em mim), começou a ser tratada com remédios totalmente naturais, e deu certo. Até que, em uma época conturbada, já no final do meu tratamento com a terapia, crises na minha família fizeram minhas estruturas tremerem novamente. Eu não tinha mais crises, mas me via ansiosa e estressada em todo o tempo, e foi quando me veio a última alternativa - os remédios. Mas essa não era minha meta, não era o que eu tinha planejado. Eu sei que muitas pessoas se dão super bem com os medicamentos, conheço pessoas que se curaram da ansiedade por eles, e sou a primeira a apoiar algo que te faça bem, mas não era a minha meta, entende? Não foi assim que eu havia planejado, e a ideia de tomá-los não me fazia bem. Mas eu estava cansada e decidi me render, porém minha história com os remédios duraram 3 dias apenas, e é aqui que chegamos á melhor parte do texto:

Ele me curou
Não costumo contar isso abertamente, pouquíssimas pessoas sabem porque é algo muito forte e especial para mim. Não contarei detalhes, de uma forma resumida:
Um belo dia visitei um lugar incrível, do qual eu tenho muito amor e admiração, uma igreja. Sempre fui cristã, mas jamais tinha vivido algo parecido.
Despretensiosamente cheguei lá, nem imaginava que aquele dia iria me marcar para todo o sempre.
Naquela manhã de domingo, na inauguração daquele lugar, Deus me chamou, usou algumas pessoas, e pela voz de alguém me disse em alto e bom tom: "Você não vai precisar de mais nada, filha. Nada além de mim. Eu estou te curando, Eu vou ser sua calmaria." São exatamente essas palavras que eu guardo.
Não sei te explicar o que senti, e jamais saberei. Saí daquele lugar me sentindo extremamente mais leve, como se um peso tivesse sido removido (eu também chorei horrores, o que pode realmente ter me deixado mais leve). Depois daquele dia minha vida reiniciou. Não precisei de medicamentos. Os problemas que me afligiam foram resolvidos, minha família se refez, tudo começou do zero. Naquele ano (2017) eu enfrentei meus medos de frente, tirei carta, comecei a faculdade que eu gostava mas tinha medo de fazer, comecei a investir no blog, comecei a viver de fato. Eu estava livre, Jesus havia destravo o meu destino. 
5/3/2017, esse foi o dia que Deus selecionou para me fazer feliz. 

Minha intenção com esse texto é te dizer que tudo tem cura. Te dizer que tá tudo bem !
Te dizer que eu não sei qual é o seu modo de crer sobre essas coisas, mas que fé, determinação, coragem, força, são coisas que moram em você e que vão te fazer vencer, chegar lá onde você quer e da forma que você sonha.
Esse texto é um resumo da minha versão de um problema que aflige muita gente hoje, eu sonhava em escrever tudo isso, mas só me senti pronta agora.
Olhando para trás eu me inundo de gratidão e emoção. 
Seja o que for que te trave hoje, tem jeito, tem solução, tem um pouco de Jesus pra ti. E eu não digo religião, eu falo sobre uma pessoa que mudou a minha vida todinha e ainda muda.
Família, tratamentos, fé, e acima de tudo Jesus são capazes de transformar, regenerar, refazer, coisas que aos nossos olhos são impossíveis.

Eu tô aqui, sou cheia de questões, erros, coisinhas. Sou humana, imperfeita, choro, tenho medo, fico ansiosa, fico brava, fico feliz, mas algo é nítido dentro de mim - Alguém Perfeito caminha comigo, e me cura do que for, e quantas vezes for preciso. <3

foto do post: Roberta Vicente Blog